Enurese (fazer chichi involuntariamente)



A Enurese é o nome técnico que se atribui ao fazer chichi involuntariamente, durante a noite ou durante o dia.

É considerado um caso de enurese quando ocorre após idade  em que a criança já deveria ter adquirido o
controlo da bexiga, geralmente ocorre por volta dos 2 ou 3 anos. Contudo, até pode ser encarada como sendo normal, se o seu controlo for adquirido até aos 5 anos de idade, após esta idade, deve ser investigada a origem deste problema, por forma a ajudar a criança a superar este problema e para não influenciar negativamente a sua autoestima e principalmente a não condicionar o seu dia-a-dia.

Existem dois tipos de enurese

A enurese primária que ocorre nos casos em que a criança faz chichi na cama todas as noites, e a enurese secundária quando após um período de controlo, pelo menos de um ano, a criança volta a molhar a cama.

As causas da enurese podem ser fisiológicas ou psicológicas. Pode existir uma doença orgânica como espinha bífida, diabetes, bexiga neurogénica ou ser desencadeada por facotes psicológicos como problemas emocionais, ansiedade ou o stress.

Algumas características de personalidade dos pais ao lidarem com os filhos que sofrem de enurese, tais como, ansiedade,  rigidez, podem ser prejudiciais nestes casos, porque podem contribuir para agravar, atrasar a resolução deste problema e até aumentar a ansiedade da própria criança, dando origem a maior descontrolo durante a noite.
 
Outra questão a corrigir neste tipo de situações é evitar colocar novamente fraldas, especialmente se a criança deixou de as pôr durante algum tempo. Apesar de ser uma forma prática para muitos pais, ao evitar que se molhe a cama, é muito humilhante para a criança e agrava ainda mais o problema. A criança que sofre de enurese, não deve ser castigada, nem culpabilizada, pelo facto de a mesma ser involuntária.

A enurese não pode ser encarada como um desleixo da criança e no caso de não existir nenhum problema a nível fisiológico, deve marcar uma consulta com m psicólogo clínico. Quando a criança faz chichi na cama, significa que está a passar por algum situação que a incomoda ou sofrer de alguma questão emocional  e necessita de acompanhamento para resolver o problema que a está a perturbar.
 
 A criança sozinha não consegue ultrapassar este problema, precisando de ser ajudada e de ter uma intervenção adequada para estes tipo de problemática. 


Sem comentários:

Publicar um comentário