quinta-feira, 17 de abril de 2014

Enurese (fazer chichi involuntariamente)

  

A enurese ocorre a partir do momento ou idade em que a criança já deveria ter adquirido o controlo da bexiga, geralmente ocorre por volta dos 2 ou 3 anos, mas é considerado normal se o seu controlo for adquirido até aos 5 anos de idade, após esta idade, deve ser investigada qual a sua origem, para que a criança seja ajudada a superar este problema.

A Enurese é o nome técnico que se atribui ao fazer chichi involuntariamente, durante a noite ou durante o dia.

A enurese primária ocorre nos casos em que a criança faz chichi na cama todas as noites, e a enurese secundária quando após um período de controlo, pelo menos de um ano, a criança volta a molhar a cama.

As causas da enurese podem ser fisiológicas ou psicológicas. Pode existir uma doença orgânica como espinha bífida, diabetes, bexiga neurogénica ou ser desencadeada por facotes psicológicos como problemas emocionais, ansiedade ou o stress.

A ansiedade e a rigidez ao lidar com crianças que sofrem de enurese, pode complicar e até atrasar a resolução deste problema e contribuir para o aumento da ansiedade o que gera maior descontrolo durante a noite.

Não se deve voltar a pôr fraldas, apesar de ser uma forma prática para não molhar a cama é muito humilhante para a criança e agrava ainda mais o problema.

A criança que sofre de enurese não deve ser castigada nem culpabilizada pelo facto de a mesma ser involuntária. Não pode ser encarada como desleixo da criança e no caso de não existir nenhum problema a nível fisiológico, significa que a criança está a sofrer e necessita de apoio psicológico. A criança sozinha não consegue ultrapassar este problema.